VISÃO:
“VER A IGREJA LOUVANDO E ADORANDO A DEUS, EM UMA SÓ VOZ, ATRAVÉS DA MÚSICA."
MISSÃO:
“CONDUZIR A IGREJA EM UNIDADE AO VERDADEIRO LOUVOR E ADORAÇÃO, CANTANDO E CONFESSANDO A PALAVRA DE DEUS E SEUS PRINCÍPIOS, UTILIZANDO-SE DA ARTE MUSICAL.”

O nome do ministério é baseado no texto de 2 Cr 5:13, onde entendemos a importância da unidade no corpo de Cristo.
"UMA SÓ VOZ" representa termos todos um mesmo entendimento sobre o que é e como fazer para louvar e adorar verdadeiramente a Deus.
Entendemos ainda que a música é uma ferramenta muito importante no nosso culto à Deus, mas não é a única.
Por isso o nome "Ministério de Música" e não, ministério de louvor e adoração.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

História do Hino "Sou Feliz"

Recebi um email da Caroline Rogalsky com a história do hino "Sou Feliz". É realmente impressionante.
Obrigado Carol pela contribuição.

"O escritor desse hino, Horacio G. Spafford (1828-1888) foi advogado em Chicago e membro da Igreja Presbiteriana Avenida Fullerton. Em 1873, Chicago sofreu uma crise financeira por causa de um grande incêndio, e Spafford perdeu muitos de seus bens. Para aliviar a carga dos problemas, Spafford e sua esposa decidiram viajar para França em novembro dese mesmo ano. Mas, devido a assuntos de negócio, não foi possíel que Stafford viajasse com sua família. Sua esposa e suas filhas foram com o barco SS Ville de Havre.

Às duas da manhã do dia 22 de novembro de 1873, o barco francés se chocou com um barco inglês, Lochearn, feito de ferro. Em duas horas o SS Ville de Havre naufragou, morrendo 139 dos 226 passageiros, entre eles, as quatro filhas de Spafford. Quando sua esposa chegou na Europa telegrafou a seu marido o ocorrido.

Em dezembro, Spafford foi para a Europa para se encontrar com sua esposa. No meio da viagem de barco, o capitão foi ao seu camarote e lhe disse que estavam passando sobre o lugar onde o barco SS Ville Havre afundou. À noite Spafford não conseguia dormir. Pouco tempo depois sua fé triunfou sobre sua melancolia de tal maneira que, apesar de sua dor profunda, escreveu cinco estrofes do hino, cujo título original, traduzido literalmente, significa: “tudo está bem com a minha alma”.

Felipe P. Bliss (1838-1876) compôs a música a pedido do autor da letra e apresentou-a em novembro de 1876, em uma reunião em Chicago, onde se congregaram mais de mil ministros."

Fonte: PEÑA, R. Himnología popular. Casa Bautista Publicaciones: Asunción, 1977.

Postei algumas versões desse hino num post chamado "Novas Versões Para Antigas Canções (2)"